Os benefícios dos grãos na reeducação alimentar

Pães, cereais, arroz e massas possuem algo em comum: são todos feitos de grãos. Qualquer alimento feito de trigo, arroz, aveia, milho ou outro cereal é um produto que utiliza grãos.

Os produtos derivados de grãos integrais oferecem benefícios importantes à saúde, pois contêm fibras, antioxidantes, fitonutrientes, vitaminas e minerais, que quando juntos no alimento integral, interagem de maneira eficiente, ajudando a proteger sua saúde, além de auxiliar no emagrecimento.  A melhor forma de adicioná-los é em frutas, iogurtes, saladas, sucos e sopas. A quantidade recomendada é de uma colher de sopa em cada refeição.

Conheça alguns desses grãos e seus benefícios:

chia quando o assunto é dieta. O grão não promove picos de insulina no sangue, facilita o aproveitamento da glicose pelas células e evita que o açúcar fique sobrando na circulação. A chia é rica em ômega 3, que combate a inflamação, ajuda na perda, além de reduzir o colesterol ruim e triglicérides.

 

A linhaça é rica em fibras, regula o intestino, diminui a ansiedade e a inflamação em células de gordura. Uma das finalidades da linhaça é a de ocupar o espaço no estômago e impedir que seja esvaziado rapidamente. Sem contar que as fibras existentes no grão também estimulam a produção de hormônios ligados à saciedade, que avisam ao cérebro que você está satisfeito.

 

farinha de feijão branco possui uma proteína de reserva chamada de faseolamina. Quando ingerida, a proteína inibe a absorção do carboidrato e retarda a absorção de açúcares no sangue, além de melhorar o aspecto da pele.

 

Quinua é um grão rico em proteína, carboidratos, vitaminas, minerais. Sem contar na excelente quantidade de fibra o que favorece o equilíbrio intestinal, reduz a absorção de gordura, diminui os sintomas da TPM, fonte de vitamina E, D e do complexo B.
Outra vantagem da quinua é não ter o glúten em sua composição, dessa forma as pessoas com intolerância ao glúten, a chamada doença celíaca, também podem desfrutar deste alimento.

 

Amaranto é um cereal que auxilia na perda de peso, reduz o nível de colesterol no sangue, é rico em cálcio o que auxilia o fortalecimento dos  ossos. Alem de combater envelhecimento precoce da pele, é uma fonte de cálcio biodisponível.

 

Arroz: Entre as suas variedades o arroz integral deve ser preferido ao grão polido, já que retém todos os seus minerais, vitaminas e fibras. O arroz integral de grão longo é leve e solto, e seu sabor aproxima-se mais ao sabor do arroz branco a qual tantas pessoas estão habituadas. O arroz integral de grão curto tem uma textura mais grossa e um sabor mais acentuado; demora mais para cozinhar do que o arroz branco. O arroz integral é um alimento rico em vitaminas do complexo B e proporciona ainda pequenas quantidades de cálcio e de fósforo. O arroz branco, sem as camadas exteriores do grão original, consiste principalmente em amido com um pouco de proteína. Atualmente encontramos diversos produtos derivados do arroz, farinha, macarrão, farelo, biscoitos.

 

É necessário  cuidado quando iniciar o uso, já que o intestino não está habituado aos grãos, pois os mesmos em excesso produzirão gases e desconforto abdominal.

Dicas:

– Comece o dia consumindo no café da manhã pães integrais ou misturas de cereais como granolas;

– Utilize massas de trigo integral. Algumas massas são feitas com uma mistura de farinha de trigo integral e farinha branca. Elas podem ser um bom começo se você tiver problemas para acertar a textura de massas somente de trigo integral;

– Acrescente flocos de cereais, como cevada, arroz, milho, centeio e trigo em sopas, ou grãos cozidos em saladas frias;

– Consuma arroz integral ou experimente combinar arroz branco com integral;

– Ao fazer pães, muffins, biscoitos, cookies ou panquecas , substitua a farinha de trigo por metade de farinha integral ou acrescente aveia, gérmen de trigo ou farelo de cereais;

– Almoce grãos integrais, ou acrescente algum novo atrativo no seu almoço como salpicar em sua salada semente de linhaça farelo de aveia.

– No lanche, polvilhe germe de trigo ou semente de chia no iogurte ou frutas picadas;

– Seja ousado e utilize grãos integrais que nunca experimentou como cevada, triguilho, trigo sarraceno, amaranto e quinua.

 

Fonte: Guia da Semana

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *