ANS cria grupo técnico para avaliar plano de saúde acessível

A possível criação de um plano de saúde popular, com custos menores e voltado para população de baixa renda, causou polêmica entre diversos setores envolvidos com a saúde. Desde a proposta, feita pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não havia recebido ofício até o início deste ano.

Em comunicado oficial, a ANS afirma que vai criar um grupo técnico composto por servidores de todas as diretorias e da Procuradoria Geral, a fim de analisar a viabilidade técnica da proposta.

A Agência ainda ressalta que só poderá se manifestar sobre o tema, após as etapas de estudo do Grupo e possível realização de consulta pública.

Comunicado oficial da ANS:

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informa que recebeu ofício do Ministério da Saúde com o encaminhamento de sugestões visando tornar a contratação de plano de saúde mais acessível à população.

Diante disso, a ANS deliberou, em reunião de Diretoria Colegiada realizada em 25/01/2017, pela constituição de um Grupo Técnico composto por servidores de todas as diretorias e da Procuradoria Geral da Agência para análise preliminar de viabilidade técnica da proposta e posterior realização de consulta pública. Após essas etapas, a ANS poderá se manifestar sobre o tema apresentado.

 

Fonte: Portal Multicálculo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *